Foi um ano de várias edições institucionais, todas elas com carácter distinto!

Porque o “livro” é, e será sempre, uma das maneiras mais dignas de celebrar a história e de a perpetuar no futuro!

2011btb

 

Deixe uma resposta